Período: Diurno e Noturno
Duração do Curso: 5 anos
Vagas Vestibular: 80(diurno) 80(noturno)
Autorizado funcionamento pelo Conselho Estadual de Educação em 02/10/2013.
- Matriz Curricular
- VI ENGETEC - Semana de Engenharia e de Tecnologia - 2014

 

 

 

Integralização Curricular:

O curso deve ser integralizado em, no mínimo, cinco anos e, no máximo, nove anos.

A implantação do Curso de Engenharia de Produção é a mais recente iniciativa da EEP-Escola de Engenharia de Piracicaba, que aplicou a experiência já acumulada com a gestão de outros sete cursos de graduação para aprimorar ainda mais o processo de formatação de um Curso que veio para suprir e atender a demanda de um mercado ávido por profissionais que agreguem ao conhecimento técnico uma visão global estratégica, voltada também à gestão de processos e pessoas.

O Engenheiro de Produção formado pela EEP terá uma sólida formação técnico-científica e estará capacitado a absorver e a desenvolver novas tecnologias, a atuar crítica e criativamente na identificação e resolução de problemas, a projetar sistemas e a implantar e desenvolver processos produtivos na empresa e na esfera administrativa, atuação que terá como base conhecimento nas áreas de qualidade, legislação, preservação do meio ambiente e compreensão de problemas administrativos, econômicos, políticos e sociais.
MERCADO DE TRABALHO

O engenheiro de Produção é qualificado para atuar em organizações manufatureiras, de construção, nas empresas de serviços, nas instituições e empresas públicas ou em seu próprio empreendimento.

Na área industrial, ele terá espaço em empresas siderúrgicas, de mineração, metal-mecânicas, automotivas, eletrônicas, de equipamentos, moveleiras e couro-calçadistas.

Na área de serviços, este profissional poderá atuar no campo de consultoria, logística, em instituições financeiras, turísticas, de saúde, do varejo e do ensino.
DIFERENCIAL

A versatilidade, certamente, é a característica que mais se adequa ao perfil do Engenheiro de Produção, tendo-se em vista que a forte presença da transdisciplinaridade na formação deste profissional atende às necessidades de integração entre diferentes áreas do conhecimento dentro das organizações empresariais.

TRABALHANDO
Por conta própria

O Engenheiro de Produção pode atuar como consultor autônomo no setor industrial e em empresas
prestadoras de serviços, coordenar e assessorar atividades terceirizadas e ministrar treinamentos na área da produção.